Os resultados financeiros do terceiro trimestre do Grupo Lenovo acabam de ser divulgados e demonstram que, mesmo com alguns desafios, as receitas atingiram a marca dos 14,1 mil milhões de dólares. O crescimento verificou-se também no imposto de lucro, que chegou aos 390 milhões de dólares, e ao lucro líquido, que atingiu os 258 milhões de dólares, os quais representam um aumento de 11% em relação ao período homólogo no ano passado.

O trimestre foi marcado por incertezas geopolíticas, uma escassez de oferta no sector e, mais recentemente, o surto do Coronavírus (COVID-19). Para colmatar as restrições e atrasos causados pelo fecho prolongado da fábrica da empresa na China, a Lenovo afirma, em comunicado à imprensa, que vai trabalhar para garantir o equilíbrio geográfico e reforçar a gestão das cadeias de distribuição a nível mundial.

Segundo os dados avançados, todos os segmentos de negócios da empresa apresentaram resultados positivos no terceiro trimestre, sendo que o Intelligent Devices Group continua a liderar neste âmbito. A PC and Smart Devices Group conseguiu atingir receitas na ordem dos 11,1 mil milhões de dólares, imposto de lucro de 684 mil milhões de dólares e uma margem de 6,2%.

A empresa indica que, no que toca a PCs, as categorias premium, onde se incluem os equipamentos das linhas Gaming, Thin & Light, Visuals, Workstations e Chromebooks, apresentam um forte crescimento. Para a Lenovo, os novos ThinkBook Plus, do ThinkPad X1 Fold e do Yoga 5G vão continuar a impulsionar o segmento.

O Mobile Business Group apresentou o quinto trimestre consecutivo rentável, motivado pelo crescimento do volume de negócios da Lenovo na América Latina. A empresa sublinha também a reentrada no segmento premium com o lançamento do Motorola Razr. A Lenovo também avança que a distribuição de servidores no Data Center Group cresceu 18% em relação ao período homólogo em 2019. As receitas da unidade mantiveram-se estáveis, sendo que a rentabilidade demonstra uma tendência para aumentar.

A Lenovo afirma que a estratégia de Transformação Inteligente continua a ser um dos pontos fortes a nível de crescimento. Ao todo, a receita de software e serviços atingiu os mil milhões de dólares, contribuindo 7% para a totalidade das receitas do grupo. A IoT, a infraestrutura inteligente e a Smart Vertical verificaram também altos níveis de crescimento no terceiro trimestre.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.