A JetBrains tem vindo a revelar desde 2017 as últimas tendências em ferramentas, tecnologias e linguagens de programação. No seu mais recente relatório State of Developer Ecosystem 2020, a empresa de desenvolvimento de software dá a conhecer que o Java continua a ser a linguagem primária mais popular.

Em linha com as conclusões apresentadas em 2019, o novo estudo detalha que o JavaScript é a linguagem de programação mais usada entre os quase 20 mil developers questionados. O nível de utilização do Python continua a crescer e a JetBrains indica que já ultrapassou o Java na lista de linguagens usadas nos últimos 12 meses.

O Python é também a linguagem mais estudada, com 30% dos inquiridos a afirmarem que começaram a aprendê-la ou continuaram o seu estudo. Já o uso do TypeScript da Microsoft cresceu significativamente e agora é a linguagem principal para 12% dos programadores.

Ao todo, 60% dos programadores indicam que o Windows é o sistema operativo que faz parte do seu ambiente de desenvolvimento, seguindo-se o Linux, com 50%, e o MacOS, a fechar o “pódio” com 44%.

A vasta maioria dos developers revela que desenvolve principalmente para plataformas web, seja Back-end ou Front-end. Os dados dão a conhecer que os websites são o tipo de aplicação mais desenvolvido pelos programadores inquiridos.

Já no que toca ao ecossistema de programação mobile, 45% dos programadores desenvolve para simultaneamente Android e iOS.

A JetBrains indica que as ferramentas nativas continuam a ser a solução mais popular para o desenvolvimento em dispositivos móveis, sendo usadas por dois terços dos developers. Metade dos participantes afirmam ainda que recorrem a frameworks multiplataforma, destacando-se a popularidade React Native.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.