O Google abordou diversas editoras de revistas sobre planos de criar uma banca digital, empreitada que pode abrir uma nova frente na rivalidade da empresa com a Apple.

A banca digital oferecerá às empresas de meios de comunicação uma maneira de vender versões das suas publicações formatadas para computadores tablet e telemóveis inteligentes que operem com o sistema operacional Android, segundo o Wall Street Journal, que cita fontes não identificadas.

O Google discutiu a possibilidade com editoras que incluem a divisão Time, da Time Warner, a Conde Nast e a Hearst, e informou a algumas delas que aceitaria participação na receita inferior aos 30% que a Apple costuma receber pelas vendas na sua loja iTunes, segundo o jornal.

O Google também propôs fornecer às editoras dados pessoais dos consumidores que comprarem versões digitais das suas publicações.

Diário Digital

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.