O Facebook pode criar uma nova rede social para a China. A comunicação social chinesa diz que a empresa de Mark Zuckerberg está em negociações com a Baidu, rival da Google e principal motor de busca naquele país, para criar um "Facebook" novo.

A notícia é avançada pela TVNet que aponta o número existente de cibernautas naquele país, 360 milhões, como o principal motivo para Mark Zuckerberg querer explorar o mercado chinês.

Conforme a notícia, o Facebook está proibido na China pelo governo local. De acordo com os meios de comunicação social chineses, a empresa está a negociar com a Baidu para criar um novo projecto, visto que a empresa  tem uma boa relação com o governo chinês,

Deste modo, o novo projecto corresponderia às exigências das autoridades locais. A TVNet salienta o facto desta não ser a primeira vez que surgem notícias deste género que, até à data, não se confirmaram.

SAPO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.