A Comissão Europeia, que suspeita que o Google manipula os resultados das pesquisas feitas pelos internautas, enviou seus primeiros questionários dentro da investigação por abuso de posição dominante, informou nesta quarta-feira o jornal francês “Le Figaro”.

Os formulários foram enviados pouco antes do Natal e contêm cerca de cem perguntas que a empresa deverá responder.

Mais precisamente, a Comissão questiona um suposto favoritismo exercido pelo Google nos resultados das pesquisas feitas.

No final de Novembro, a Comissão Europeia abriu uma investigação formal depois de receber queixas dos concorrentes de serviços de buscas online.

Estes acusavam o Google de favorecer seus próprios serviços e de prejudicar outros, nos seus resultados de buscas tanto pagos quanto gratuitos.

Em Fevereiro de 2010, a Comissão Europeia já tinha investigado a empresa criada por Larry Page e Sergey Brin que é hoje um dos gigantes da Web.

Em causa estavam queixas de três empresas sobre os preços da publicidade acima do valor do mercado e sobre o posicionamento dos concorrentes nos resultados de uma pesquisa.

@SAPO/AFP

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.