Não é um portátil, nem um desktop. Nós diríamos que assenta bem no meio de ambas as categorias, mas também aceitamos que encaixe este ROG Mothership numa das duas. Consensual é que este é um computador para jogadores. Com um apoio vertical traseiro, que faz lembrar os portáteis da linha Surface, da Microsoft, esta máquina integra ainda uma outra particularidade: um teclado destacável e dobrável, que serve também de tampa ao ecrã deste gadget.

Este design surge da necessidade de reduzir o efeito do calor que é gerado com programas que são graficamente exigentes para os computadores, como é o caso do gaming. Com esta arquitetura, a Asus conseguiu criar um sistema de ventilação à volta de todo o ecrã e reduzir a temperatura média do computador.

 Este ROG Mothership tem um ecrã 1080p de 17,3 polegadas com uma taxa de atualização de imagem de 144Hz e um tempo de resposta de 3 milissegundos. A RAM chega aos 64GB, o processador é um Intel Core i9 8950HK e a gráfica é a nova versão móvel da Nvidia RTX 2080. De acordo com a Asus, a performance destes componentes é superior ao esperado graças aos sistemas de ventilação.

O computador integra ainda suporte para o sistema de reconhecimento facial da Microsoft, popularmente conhecido como Windows Hello. As entradas dividem-se entre quatro portas USB-C, outras tantas USB-A, uma entrada HDMI, uma ligação Ethernet e um leitor para cartões de memória.

O único senão deste equipamento é o peso, que chega aos 5,5 quilogramas muito por culpa de toda a estrutura de alumínio.

Ainda não há preço nem especificações confirmadas, mas a Asus afirmou que o ROG Mothership vai estar disponível ainda no primeiro trimestre de 2019.

O SAPO TEK vai explorar todos os espaços da CES 2019 e trazer as principais novidades e tendências, assim como anúncios de produtos, que pode acompanhar aqui.