Homenageados funcionários que perderam a vida em serviço na República Democrática do Congo, Cote d'Ivoire, Afeganistão e Haiti nos últimos sete dias.

As bandeiras das Nações Unidas estão em meia haste, nesta quarta-feira, em todo o mundo para honrar funcionários mortos em várias operações da organização.

O Secretário-Geral, Ban Ki-moon, depõe uma coroa de flores na sede da Nações Unidas em Nova Iorque, anunciou a ONU.

Acidente Aéreo

Na segunda-feira, um avião despenhou-se na capital da RD Congo, Kinshasa, provocando a morte de 32 pessoas. Apenas um passageiro sobreviveu à queda da aeronave.

Um ataque contra o Centro de Operações da ONU em Mazar-e-Sharif, no Afeganistão, matou sete pessoas na última sexta-feira. De acordo com a Missão da ONU no país, Unama, a violência resultou de uma manifestação contra a queima do corão nos Estados Unidos.

Bala Perdida

Na quinta-feira, uma analista de informática da Missão da ONU na Cote d'Ivoire, Unoci, morreu após ter sido alvejada por uma bala perdida em Abidjan.

No Haiti, um membro da polícia da missão da ONU no país, Minustah, foi morto, na quarta-feira, durante uma operação de patrulha.

Rádio ONU

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.