A Audi continua a aposta na mobilidade elétrica. Depois do SUV e-tron chega a e-tron Scooter. Apesar de à primeira vista parecer que é controlada através de um volante, a verdade é que a trotinete é conduzida da mesma forma que um skate, através da inclinação do corpo. Isto permite que o condutor a conduza com apenas uma mão, deixando a outra livre para sinalizar manobras, contribuindo assim para uma maior segurança no trajeto. A e-tron Scooter tem quatro rodas, com eixos maleáveis, o que permite executar curvas mais apertadas.

A e-tron Scooter consegue atingir uma velocidade máxima de 20 km/h e uma autonomia para 20 quilómetros, obtida pela recuperação de energia kinética quando é aplicado o travão. O veículo pode ser utilizado para breves deslocações até ao destino final, depois de estacionar o carro. A e-tron Scooter poderá ser recarregada na bagageira dos próprios veículos da Audi. A trotinete elétrica pesa 12 quilos e pode ser dobrada, para que ocupe o menos possível da bagageira.

Segundo o comunicado, o pequeno veículo foi desenhado para os clientes citadinos, e que desejam utilizar formas de transporte sustentáveis e multimodelados, acrescentados de estilo e funcionalidade. O manípulo que substitui o volante oferece estabilidade e equilíbrio ao condutor, mas também esconde a bateria e toda a eletrónica, tendo um mostrador embutido com a informação do estado de autonomia. Os utilizadores podem acelerar e travar o veículo através de aperto e torção do manípulo.

A e-tron Scooter vai estar disponível para venda no final do próximo ano, com um preço que deverá rondar os 2.000 euros, mas a fabricante alemã pondera tornar este produto num extra na compra dos automóveis e-tron.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.