A Amazon, maior portal global de comércio electrónico, está a reforçar a sua expansão no mercado europeu com o alargamento da sua rede de centros de distribuição e diversificação de mercados, noticiou ontem o "Financial Times".

A aposta no mercado da União Europeia está incluída na estratégia de diversificação de mercados fora da América do Norte feita pela Amazon, que representaram, no terceiro trimestre do ano passado, 45% do total das vendas. A empresa está a fazer novas contratações para a sua sede europeia, localizada no Luxemburgo, junto com especialistas em logística e transporte para supervisionar e tornar mais eficiente a rede europeia.  

A empresa começou a operar com três novos centros de distriuição em 2010. O primeiro, na Alemanha, que serve também os clientes da Bélgica e Holanda. Um segundo situado no Sul de França, que suporta os mercados espanhol, italiano e português, e a abertura do seu sexto centro no Reino Unido.

Globalmente, a Amazon adicionou, no ano passado, onze novos centros de distribuição à sua rede de 40 espaços de armazenamento, adiantou a Goldman Sachs ao "Financial Times". 

Oje

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.