A Xiaomi está a comemorar o seu décimo aniversário e revelou uma televisão com um design muito curioso: é totalmente transparente. Ou seja, quando está desligada é como se tivesse um bloco de vidro em cima da estante, mas quando liga o equipamento, a imagem parece flutuar no seu interior, avança a marca.

Trata-se do modelo Mi TV Lux OLED Transparent Edition, com um ecrã de 55 polegadas, que terá um preço de cerca de 7.200 dólares quando for colocada à venda no dia 16 de agosto.

A fabricante chinesa explica que para manter o ecrã totalmente livre e cristalino, toda a unidade de processamento e componentes estão compactados na sua própria base. Esta obra de engenharia terá custado à empresa “incontáveis desafios técnicos”, refere no seu blog. Depois de ultrapassar essas dificuldades, a Xiaomi assume-se como a primeira fabricante a produzir uma televisão OLED transparente, assim como o primeiro na china a fabricar o módulo OLED Basic Module (OBM).

Para além do seu design futurista, a nova televisão apresenta ainda as mais recentes tecnologias de hardware, no que diz respeito ao som e imagem. Tem um contraste de 150000:1, e um rácio de contraste dinâmico infinito, destacando os pretos ricos e um brilho sem precedentes, salienta. Tem um painel de 10 bits com uma combinação de 1,07 mil milhões de cores, num espetro para lá daquilo que o olho humano consegue captar.

Por fim, o ecrã tem uma taxa de atualização de 120 Hz, suportado por tecnologia MEMC de 120 Hz, assim como tempo de resposta de 1 ms, para quem deseja utilizar a televisão no seu setup para videojogos, usufruindo da sua baixa latência.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.