Ambas as estátuas estiveram vários anos expostas no Yakarta Ancol Dreamland, um parque de diversões situado junto à baía da capital Jacarta. Contudo, uma regra recente instituída por quem gere o local obrigou a que tivessem de ser tapadas parcialmente.

De início, cobriu-se apenas os seios das estátuas, mas, como os visitantes do parque estavam constantemente a destapá-las, decidiu-se deslocar as duas obras para um setor mais afastado, confirmaram à agência de notícias AFP.

A porta-voz do parque, Rika Lestari, insiste que não foi devido a pressões externas que cobriram as estátuas. "Não houve pressões de grupo algum", afirma. "Ancol quer tornar-se um parque de diversões e uma área de férias para as famílias", acrescentou.

Mesmo assim, estes argumentos não impediram que o parque continue a ser alvo de chacota nas redes sociais. "Obrigado, Ancol. Agora, ninguém vai cometer adultério por olhar para os peitos das sereias", escreveu no Twitter o ator indonésio Soleh Solihun.

Rika Lestari insistiu, em declarações ao jornal Kompas, que eram "pessoas do Oriente” e que “temos uma cultura oriental, por isso, o que era inadequado tornámos adequado". "É apenas uma questão de perceção, porque o que fizemos foi o melhor para nós. É algo bom", completou.

A Indonésia tem a maior comunidade muçulmana do mundo e predominam no país valores conservadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.