O desabamento de uma mina de ouro artesanal, no município do Chipindo, região da Huíla, causou mais de uma dezena de mortos, segundo dados provisórios das autoridades locais.

Os garimpeiros de ouro, foram soterrados quando se encontravam a cerca de 20 metros de profundidade da mina.

As buscas de sobreviventes foram suspensas depois do acidente, devido a chuvas torrenciais que assolam a localidade.

O município do Chipindo possui grandes reservas de ouro, que são invadidas por garimpeiros de outras regiões do país e estrangeiros em busca de lucro fácil.

O garimpeiro do ouro atrai muitos jovens devido à falta de empregos, num município carente de investimentos.

O excecutivo angolano iniciou a implementação de um programa de exploração do ouro, envolvendo iniciativas privadas.

Projectos estão em curso na região de Cabinda, por exemplo, para pôr fim ao garimpo artesanal do ouro.

De Luanda, o nosso correspondente, Avelino Miguel.

 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.