"A nossa previsão é de atender 160 mil pessoas em todas as fronteiras", disse Celestino Matsinhe, porta-voz do Senami à Lusa.

Para atender à demanda durante a Páscoa, o Senami decidiu manter aberta a fronteira de Ressano Garcia, a principal do país, na província de Maputo, por por 24h, entre os dias 17 e 29 deste mês.

A fronteira da Ponta de Ouro, também na província de Maputo, estará aberta entre as 07:00 a 19:00, entre os dias 17 de abril a 02 de maio.

As restantes fronteiras do país continuarão a seguir o seu horário normal de funcionamento, que pode ser alterado em função da demanda.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.