"As ameaças e desafios comuns, no que tange à segurança e livre circulação de pessoas e bens devem ser combatidos de forma sincronizada e em comum", refere o Ministério da Defesa de Moçambique, em comunicado distribuído ontem.

Delegações dos dois países chefiadas pelos respetivos ministros da Defesa, o moçambicano Atanásio M'tumuke e Hussein Mwinyi pela Tanzânia, estiveram reunidas na quinta e sexta-feira em Mtwara, cidade situada 30 quilómetros a norte da linha de fronteira.

O encontro serviu para "definir estratégias para a prevenção e combate dos crimes transfronteiriços, migração ilegal e exploração ilícita de recursos naturais", refere-se no documento.

Os dois governantes decidiram fazer sessões de avaliação semestrais "sempre que a situação o obrigar" e realizar o próximo encontro anual "em Moçambique, em datas ainda por confirmar".

"As consultas entre os diferentes serviços, órgãos de defesa e segurança devem ser regulares e sempre que a situação o exigir", acrescenta o comunicado.

Os ministros da Defesa já tinham estado reunidos em Cabo Delgado há um ano e, na ocasião, Hussein Mwinyi defendeu "as medidas necessárias" contra os tanzanianos que se suspeitava pertencerem a grupos que atacam povoações.

Desde há um ano, segundo números oficiais, já terão morrido, pelo menos, 100 pessoas, entre residentes, supostos agressores e elementos das forças de segurança.

A onda de violência em Cabo Delgado (2.000 quilómetros a norte de Maputo) eclodiu após um ataque armado a postos de polícia de Mocímboa da Praia, em outubro de 2017.

Na altura, dois agentes foram abatidos por um grupo com origem numa mesquita local que pregava a insurgência contra o Estado e cujos hábitos motivavam atritos com os residentes desde há dois anos.

Depois de Mocímboa da Praia, têm ocorrido vários ataques que se suspeita estarem relacionados com o mesmo tipo de grupo, sempre longe do asfalto e fora da zona de implantação da fábrica e outras infraestruturas das empresas petrolíferas que vão explorar gás natural, na península de Afungi, distrito de Palma.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.