"Neste momento, o sistema de baixas pressões não constitui perigo para o canal de Moçambique e para o território nacional", lê-se em comunicado.

Na última semana, as autoridades moçambicanas alertaram a população para as previsões que, na altura, antecipavam alguma probabilidade de risco para as zonas Centro e Norte do país, que foram devastadas por ciclones no início deste ano.

"Convido todos os moçambicanos a prestar atenção e tomar as devidas precauções", referiu o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, numa mensagem publicada no Portal do Governo.

No entanto, as previsões apontam agora como mais provável que o sistema de baixas pressões em formação no oceano Índico "siga em direção a Madagáscar", concluiu o INAM.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.