"Estamos preparados para as principais patologias que possam eclodir, os medicamentos já estão em ´stock` para dispensar de imediato", afirmou Nazira Abdula, falando aos jornalistas, no final de uma visita de trabalho à província de Tete, centro do país.

Além da cólera, prosseguiu, o Ministério da Saúde está mobilizado para atender a casos de malária e doenças diarreicas, cujos casos se agravam entre Outubro e Março do ano seguinte no país, por ser um período que regista maior queda de chuva.

"Por exemplo, se houver um surto de cólera, temos ‘kits’ para os primeiros 100 casos e, se a situação persistir, vamos mobilizar recursos para o reforço da capacidade em medicamentos", declarou Nazira Abdula.

A ministra da Saúde acrescentou que o seu ministério está também atento ao aumento de casos de hipertensão, diabetes, traumas e acidentes de viação, durante a actual época chuvosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.