A informação foi avançada à agência Reuters por Ives Lefebvre, porta-voz da Polícia Nacional, que enviou um grupo especial para o local.

No início, ele tinha seis reféns mas libertou três deles, de acordo com a mesma fonte.

O sequestrador é um homem de 34 anos, com problemas de saúde mental, conhecido da da polícia por ser “um radical que sofre de uma doença psiquiátrica grave”.

A polícia continua no local.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.