Obete Matine avançou que os dois homens foram detidos na posse de ouro, rubis e safira azul e pretendiam vender a mercadoria a um agente comercial da Beira, província de Sofala.

O agente comercial denunciou os dois homens às autoridades, levando à sua detenção e confiscação da viatura que os transportava, acrescentou Matine.

O inspetor-geral do Mireme adiantou que o moçambicano e o zimbabuano vinham da cidade de Tete, centro do país, com o produto, mas ainda decorrem averiguações para apurar a origem, quantidade e valor monetário dos minérios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.