O Centro Social Mãe Clara, das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras, melhorou, nas ultimas semanas, a alimentação de dezenas de idosos graças ao apoio de algumas associações e pessoas de boa vontade.

“Há duas semanas, faleceram dois idosos por falta de alimentação”, lamenta a responsável do centro social, agora satisfeita com a chegada de mais apoio.

A associação Juvenil “ Na Luta Pra o Futuro” está entre as muitas que estão no terreno a recolher e distribuir cestas básicas aos mais vulneráveis.

Um dos líderes desta associação disse que o lema da campanha é “quarentena sem fome” e o objetivo é ajudar os que mais necessitam, porque “em primeiro lugar estão as pessoas”.

Victor Monteiro, que também tem distribuído alimentos e material de proteção nalguns distritos de São Tomé, chama a atenção para o uso rigoroso de máscaras.

A Federação São-tomense de Futebol também está a levar cesta básica a pessoas carentes ligadas a modalidade.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.