Quando Brent Walker postou duas fotos dele e da mulher no Facebook, esperava que as imagens que mostravam o casal antes e depois da recuperação do vício em “crystalmeth” (metanfetamina) pudessem servir de inspiração para velhos amigos.

Mas, dez dias depois, as fotos já tinham sido compartilhadas quase 200 mil vezes. Brent, que é do Tennessee (EUA), diz ter ficado positivamente surpreso.

Na foto que mostra o “antes”, Brent e Ashely estavam no ápice do vício. Já o “depois”, foi tirado há pouco mais de um mês, quando eles comemoravam três anos sem usar drogas.

“Espero que minha transformação possa encorajar um viciado em algum lugar”, afirmou. “A recuperação é possível”, escreveu ele na postagem das fotos.

Em entrevista à BBC News, ele disse que publicou a foto pensando nas pessoas mais próximas ao casal. “A foto era apenas para familiares e amigos, alguns deles são viciados em recuperação. No dia seguinte, meu telefone estava explodindo.”

“Queria dizer às pessoas que elas não precisam viver desse jeito. Somos provas vivas”, completou.

A dependência

Brent e Ashley se encontraram em 2010, quando ele começou a fornecer drogas a ela.

Ashley antes do tratamento
Ashley conheceu Brent em 2010, quando ele fornecia drogas para ela créditos: Ashley Walker

“A metanfetamina bagunça seu cérebro, deixa você paranoico, faz com que perca a memória e tenha alucinações”, conta ele. “Eu não conseguia comer. Ficava sem dormir por dias.”

O casal perdeu a guarda dos cinco filhos. Ashley foi para a reabilitação, mas teve uma recaída. Brent, por sua vez, entrava e saída da prisão por tráfico e posse de drogas.

Os dois decidiram que não queriam mais isso.

“Decidimos que iríamos à igreja e que nos livraríamos de qualquer coisa associada à vida das drogas”, conta. “Isso incluiu cortar relacionamentos e fazer novos amigos.”

Brent admite que um dos maiores problemas de quem está em recuperação são as lembranças dos “bons momentos” com amigos e a volta para eles. “Então, tínhamos de parar de ver essas pessoas.”

Brent Walker
Brent perdeu muito peso devido à dependência créditos: Brent Walker

O casal sabia que ficar sem usar drogas seria uma longa e difícil jornada. Os dois decidiram que traçariam marcos e metas para a nova vida.

Primeiro, se casariam depois de 30 dias sóbrios. Em seguida, escolheriam um lugar para viver, já que estavam dormindo no chão do apartamento de um amigo. A terceira meta foi comprar um carro.

Vida conturbada

Apesar da dependência, os dois conseguiam trabalhar. Brent trabalhava num lava-rápido e Ashley, numa fábrica. Mas os dois gastavam todo o dinheiro em drogas.

Ashley e Brent Walker
O casal estabeleceu metas para se tratar dos vícios créditos: Ashley Walker

“Andávamos distâncias longas até o mercado e também íamos a pé ao trabalho”, recorda Brent, dizendo que guardavam as roupas em sacos de lixo.

Agora, o casal tem novas metas, entre elas melhorar o próprio histórico de crédito para conseguir comprar uma casa. Também planejam recuperar a guarda dos filhos de Ashley.

“É difícil, demora um tempo para ficar saudável, mas, no final, o resultado é incrível. Minha mensagem para qualquer pessoa que esteja lutando contra o vício de qualquer coisa é que é possível.”

Brent diz seu lema agora é “que a vida é uma aventura para desfrutar, não um problema a ser resolvido”.

Brent e Ashley Walker
De férias na Flórida, sem metanfetamina créditos: Brent Walker

No Facebook, o post do casal contabilizou mais de 18 mil comentários, alguns de pessoas que disseram ser dependentes em recuperação.

Cynthia, uma usuária do Facebook, escreveu: “Eles merecem uma medalha porque é uma luta diária quando se tenta ficar limpo”.

“Ficar livre das drogas é apenas o começo. Ex-usuários de drogas têm de aprender a viver sóbrios, precisam ter um plano. Brent e Ashley, obrigada por compartilhar isso”, completou.

Uma pessoa que se identifica como Stephanie comentou: “Bom trabalho, estou sóbria há cinco anos. Leva muito tempo para largar, você tem que desistir de um monte de gente, amigos, família etc. Sem mencionar o mal que você passa. Tem que se esforçar pra isso. Bom trabalho, vocês estão muito bem”.

A metanfetamina é uma droga sintética. Pode ser fumada, consumida por via oral, e, transformada em pó, ser cheirada e até injetada. Entre os sintomas mais imediatos estão euforia, diminuição do apetite, do sono e da fadiga, alterações da libido e emoções intensificadas.

O uso constante leva rapidamente à dependência, acompanhada de sintomas como distúrbios de humor, ansiedade e agressividade. É uma droga que, além de danos neurológicos, provoca perda de peso e complicações odontológicas.


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=WAVP81WdNqM

https://www.youtube.com/watch?v=ZrXBZRBJmTc&t=43s

https://www.youtube.com/watch?v=JyXu4X8f-tY

Escrito por: Rozina Sini - BBC News

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Os textos do parceiro BBC News estão escritos total ou parcialmente em português do Brasil.