O príncipe Alberto II do Mónaco e a mulher,  Charlene, casados em cerimónia civil na sexta-feira, participam hoje numa  cerimónia religiosa, cumprindo um ritual exigido pelas normas de protocolo  do principado. 

Após a cerimónia religiosa, Charlene, ex-nadadora sul-africana, irá  depor o ramo de noiva junto de uma estátua da Virgem na capela Santa-Devota,  padroeira do Mónaco e símbolo da união dos habitantes.  Há 55 anos, a princesa Grace cumpriu exatamente o mesmo ritual, depois  do casamento com o príncipe Rainier III.   

Alberto II, 53 anos, e Charlene, 33 anos, são esperados às 18:30 (17:30  em Lisboa) na capela. Perante 130 fiéis escolhidos pelos responsáveis de  seis paróquias, Charlene vai depor o ramo no altar onde repousam as relíquias  da Santa Devota. Em seguida, o casal percorre o principado, partindo de  Monte Carlo.  

De acordo com a lenda, Devota, jovem cristã oriunda da Córsega, foi  uma mártir do império romano em 304. Os restos mortais foram levados num  navio com destino a África, mas ventos contrários conduziram a embarcação  para o local onde é hoje o Mónaco e o corpo da santa foi enterrado perto  do porto a 27 de janeiro do mesmo ano.  

Desde 1924, uma embarcação é simbolicamente queimada na noite de 26  de janeiro, véspera da festa da santa.  Santa Devota deu as cores à bandeira monegasca: o vermelho do sangue  derramado da mártir no vestido branco de virgem. É a santa padroeira do  principado, da família principesca e da diocese do Mónaco, mas também das  pessoas do mar e da Córsega 

O casamento está contudo a ser ensombrado por rumores na imprensa francesa,  que a casa real do Mónaco tem negado com veemência. O palácio desmentiu, em comunicado, as falsas alegações publicadas  na terça-feira no sítio da Internet da revista francesa L'Express sobre  Charlene Wittstock.  

O sítio da revista afirmou que a princesa quis interromper os preparativos  do casamento e voltar à África do Sul, sem explicar os motivos. 

Na quinta-feira, Thierry Lacoste, advogado de Alberto II, desmentiu  formalmente outras notícias de acordo com as quais o príncipe teria assumido  secretamente a paternidade de um terceiro filho. O príncipe monegasco já  tem dois filhos, de sete e 19 anos, nascidos de ligações anteriores.

SIC

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.