Pelas 15:38 (hora de Lisboa), o índice compósito do Nasdaq subia 0,16% para 8.63,32 pontos, o Dow Jones descia 0,24% para 27.967.48 e o S&P 500 perdia 0,05% para 3.129,70 pontos.

No entanto, na abertura da sessão, o Dow Jones chegou a atingir um máximo de 52 semanas, alcançando os 28.090,21 pontos.

Na segunda-feira, as três principais bolsas de Wall Street fecharam em níveis recorde, apesar de sinais contraditórios na frente das negociações comerciais sino-norte-americanas.

De acordo com os analistas do BPI, o desenrolar das conversações entre os EUA e a China relativamente ao acordo comercial continuarão na ordem do dia, influenciando assim as decisões dos investidores, tal como se observou durante a sessão de segunda-feira nos EUA.

O analista da XTB, André Pires, sinaliza que apesar das tensões comerciais, o anúncio de um alargamento por mais três meses da autorização para as empresas norte-americanas venderem equipamento à tecnológica chinesa Huawei ajudou ao otimismo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.