Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average subiu 2,21%, para os 25.248,27 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq progrediu 0,77%, para os 9.412,36.

Da mesma forma, o alargado S&P500 valorizou 1,46%, para as 3.036,13 unidades.

Ontem, pela primeira vez desde o início de março, o Dow Jones terminou acima dos 25 mil pontos e o S&P500 dos três mil.

“Com a ideia de que a economia está a chegar a um ponto de viragem, vê-se que os investidores se interessam por um número crescente de títulos”, observou Quincy Krosby, da Prudential Financial.

As ações particularmente afetadas no ponto mais alto da crise sanitária voltam a ser desejadas, como as da Disney, que fechou a subir 0,48%, das companhias de cruzeiro, como a Carnival (+5,90%), ou das transportadoras aéreas, como a United Airlines, que terminou a progredir 3,89%.

Ao contrário, as empresas que têm beneficiado em bolsa da suspensão da atividade económica estiveram menos brilhantes, em particular no setor da tecnologia, com a Amazon a recuar 0,47%, o serviço de videoconferência Zoom 1,24% e as empresas de bicicletas Peloton 1,51%.

Na frente dos indicadores, alguns têm-se mostrado encorajadores nos últimos dias, notou esta analista, mencionando a alta ligeira da apresentação de candidaturas a crédito imobiliário.

“Podemos perguntar porquê, mas é um facto, os norte-americanos continuam a projetar e comprar casas”, comentou. “É sinal de uma confiança certa no mercado de emprego, não a curto prazo, bem entendido, mas a médio prazo”, acrescentou.

Por outro lado, os investidores continuam a apostar nos estímulos avançados pelas autoridades, além do apoio contínuo da Reserva Federal.

A Comissão Europeia apresentou hoje um plano de ajuda excecional, com um fundo de 750 mil milhões de euros, para apoiar a economia europeia, afetada pelo novo coronavirus.

Nos EUA, os intervenientes no mercado foram encorajados pelas declarações do chefe da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, que evocou um novo plano de apoio massivo à economia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.