“O meu Governo está pronto para negociar um grande acordo comercial com o Reino Unido. O potencial é ilimitado!”, escreveu Donald Trump, hoje, na sua página de Twitter.

A proposta de Trump agrada aos defensores do “Brexit duro”, que defendem a definição de uma nova agenda de parcerias comerciais fora da União Europeia, após o “divórcio” com Bruxelas.

Por outro lado, o Presidente dos EUA, em 2018, já tinha criticado a proposta de acordo que a primeira-ministra britânica, Theresa May, tentou negociar com a União Europeia, para o ‘Brexit’.

Trump considera que esse acordo colocaria muitas limitações a uma relação comercial bilateral entre os EUA e o Reino Unido, pelo que sempre foi partidário de que o Governo britânico optasse por um “Brexit duro”, cortando amarras com a União Europeia.

Numa entrevista ao jornal britânico The Sun, durante a sua primeira visita oficial a Londres, Trump criticou a forma como Theresa May estava a fazer cedências a Bruxelas, prejudicando os interesses dos britânicos, e disse que ele teria negociado o acordo de “maneira muito diferente”.

Depois de ter rejeitado um acordo com Bruxelas, na terça-feira, e de ter rejeitado uma saída sem acordo, na quarta-feira, o Parlamento britânico vota hoje, ao final da tarde, um possível adiamento da saída do Reino Unido da União Europeia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.