O principal indicador do PMI (Purchasing Managers Index) situou-se em 41,7, um registo que mostra “um forte declínio nas condições para as empresas, com os principais índices, como a produção, novas encomendas e emprego a situarem-se abaixo do valor neutro de 50,0″, diz a análise do Standard Bank.

O índice observa que, apesar da queda, junho teve a taxa de declínio na atividade empresarial mais baixa dos últimos três meses.

Em maio, o Índice PMI melhorou ligeiramente, de 37,1 para 40 pontos, mas manteve-se em território negativo devido ao "grave impacto" da pandemia na economia moçambicana.

No mês passado, muitas empresas fecharam, outras registaram quedas acentuadas na procura e os números relativos ao emprego também diminuíram, ainda que ligeiramente.

"Não obstante, as empresas continuavam confiantes num aumento da produção, no decorrer do próximo ano", refere-se na análise.

O Standard Bank nota que os esforços para a redução de custos de produção resultaram numa descida de salários no setor privado a um ritmo sem precedentes, em junho.

"Os custos totais dos meios de produção caíram pelo terceiro mês consecutivo, impulsionados por uma descida nos preços dos fornecedores", nota o Índice PMI.

Os fornecedores continuaram a enfrentar dificuldades no fornecimento das empresas, devido ao isolamento obrigatório a nível nacional, o que provocou um aumento ainda maior nos prazos de entrega.​​​​​​​

Moçambique tem um total acumulado de 1.040 casos de infeção pelo novo coronavírus, com oito óbitos e 280 recuperados.

Em África, há 11.698 mortos confirmados em mais de 495 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 539 mil mortos e infetou mais de 11,69 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Moçambique tem um total acumulado de 1.040 casos de infeção pelo novo coronavírus, com oito óbitos e 280 recuperados.

Em África, há 11.698 mortos confirmados em mais de 495 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 539 mil mortos e infetou mais de 11,69 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.