A 6ª Edição do Prémio das 100 Melhores PME (Pequenas e Médias Empresas) de Moçambique bateu, uma vez mais, o recorde de participação com um total de 622 empresas inscritas no evento que distingue as melhores entre as melhores do tecido empresarial de pequena e média dimensão, em Moçambique.

Durante a Gala de premiação, foram conhecidos os vencedores da edição referente ao ano de 2017. O prémio BCI - Melhor PME do Ano – 2017 foi arrecadado pela INCALA, Indústria de Plásticos e Calçados. O prémio PME INOVAÇÃO – 2017 foi atribuído à Xava Lda e o prémio de PME INCLUSÃO – 2017 distinguiu a Bindzu Agrobusiness & Consultoria, Lda.

A 6ª edição distinguiu as melhores PME noutras dez categorias: PME Jovem Empreendedor para a SOS_Smart Office Solution, Lda; PME Mulher Empreendedora para a Ilulifemo, Construções, Lda; PME Gestão e Fiscalidade para a Malacha Construções, Lda; PME Exportação para a Saboeira de Inhambane; PME Produto Nacional para a Winua, Lda; PME Agro Negócio para a Win Resources; PME Turismo para a Diamonds Mequfi Beach Resort; PME Indústria para a Fábrica de Cofres de Moçambique e Serviços, Lda; Melhor PME para Trabalhar para a Ferro & Ferro Comunicações; e, finalmente, PME Higiene e Segurança no Trabalho para a Politérmica Moçambique, Lda.

O Prémio das 100 Melhores PME de Moçambique é uma iniciativa do Grupo Soico e do Ministério da Indústria e Comércio, através do Instituto para Promoção das Pequenas e Médias Empresas (IPEME), e existe para incentivar a excelência e reconhecer as boas práticas empresariais em todo o território nacional.

A 6ª Edição do Prémio tem ainda como parceiros BCI, Índico Seguros, RSM, Tatos Botão, Ordem dos Contabilistas e Auditores de Moçambique (OCAM), Mozal, Intertek, Confederação das Associações Económicas (CTA) e Instituto de Tecnologias Inovação e Serviços (ITIS).

Mais uma vez, a organização do prémio quis ser abrangente e inclusiva e por isso manteve a aposta estratégica de continuar a ir ao terreno, às províncias, aos distritos e às localidades, à procura do que se faz em todo o país.

Além de Maputo, o prémio das 100 Melhores PME de Moçambique foi apresentado em eventos locais nas províncias de Sofala, Nampula, Tete e Cabo Delgado, para dar a conhecer mais detalhes sobre o projecto. Personalidades do Governo, membros de conselhos empresariais e empresários locais juntaram-se à iniciativa.

Em todas as apresentações provinciais, foi destacado o poder do cooperativismo para o sucesso das empresas e organizações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.