Como nos meses anteriores, os principais protagonistas desse aumento anual de preços foram os alimentos, que subiram 15,5%, informou hoje o Escritório Nacional de Estatística da China (ONE) em comunicado.

O aumento foi liderado pela subida do preço da carne de porco, que aumentou 101,3% em relação a outubro de 2018, uma vez que a sua produção foi reduzida pela epidemia da peste suína africana.

A China produz e consome dois terços da carne de porco no mundo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.