De acordo com o gabinete estatístico europeu, na zona euro, os 1,5% de inflação em fevereiro comparam-se com os 1,1% do mesmo mês de 2018 e aos 1,4% registados em janeiro.

Na UE, a subida de preços foi de 1,6% em fevereiro, acima da de 1,4% homóloga e de 1,5% de janeiro.

As taxas anuais de inflação mais fracas foram observadas na Irlanda (0,7%), na Grécia, na Croácia e em Chipre (0,8% cada) e em Portugal (0,9%).

Já as subidas mais fortes de preços foram registadas na Roménia (4,0%), Hungria (3,2%) e Letónia (2,8%).

Face a janeiro, a inflação anual recuou em sete Estados-membros, manteve-se estável num e aumentou nos outros 19.

Em Portugal, a inflação acelerou para os 0,9%, face aos 0,6% de janeiro e aos 0,7% de fevereiro de 2018.