A expansão do produto interno bruto (PIB) da terceira economia mundial em relação ao trimestre anterior foi de 0,1%, indicaram os dados agora publicados.

Estes dados reflectem o maior período de crescimento económico consecutivo de oito trimestres no país asiático. Até Março de 1989, o Japão tinha registado um período de expansão de 12 trimestres consecutivos.

No entanto, a expansão registada ficou aquém da maioria das previsões dos analistas e significa uma diminuição relativamente ao terceiro trimestre do ano, quando o PIB registou um crescimento de 2,5% em termos anuais e de 0,6% em termos trimestrais.

Além da aceleração do consumo doméstico, que representa aproximadamente 60% do PIB japonês, as exportações foram um dos componentes que mais impulso deu à economia do país no último trimestre do ano passado.

Os investimentos de capital corporativo, outro elemento de peso na economia japonesa, subiram 2,8% em termos anuais e 0,7% em relação aos três meses anteriores.

O investimento público desceu 2,1% em termos anuais e 0,5% em termos trimestrais.