Entre as medidas adoptadas, destacam-se:

De âmbito financeiro

O Banco ofereceu um pacote de reestruturação dos empréstimos, através de uma moratória de crédito, com prazo de 3 a 6 meses. Até à data, foram concedidas mais de 2 mil moratórias aos seus Clientes, representando uma exposição total de 2.900.000.000,00 MT (dois biliões e novecentos milhões de Meticais) na carteira de crédito, neste momento complicado.

Anunciou a antecipação, aos seus fornecedores regulares, do pagamento de facturas relativas a serviços a serem prestados num período de três meses (a partir de Abril), tendo, até ao momento, sido pagos cerca de 62.000.000,00 MZN (sessenta e dois milhões de meticais). Esta medida visa contribuir para uma melhoria da liquidez dos seus fornecedores durante este momento económico desafiante.

Em linha com as medidas extraordinárias aprovadas pelo Banco de Moçambique, o Banco eliminou todas as comissões de utilização em qualquer ATM em território nacional para todos os seus clientes, por um período de 3 meses, eliminou igualmente as comissões de transferência para carteiras móveis e todas as comissões de utilização dos Canais Digitais, por período igual. Com esta medida o Banco permitiu que os utilizadores destes serviços poupassem cerca de 16.000.000,00 MZN (dezasseis milhões de meticais) em comissões.

Ofereceu, também, aos retalhistas com serviços de entrega ao domicílio, a nível nacional, soluções grátis de cobranças domiciliárias (via cartões bancários e carteiras móveis), por forma a promover a expansão destes serviços e contribuindo assim para a redução das deslocações da população.

De Âmbito Social

Todas as agências do Absa Bank foram equipadas com desinfectante nas zonas de atendimento a Clientes e nas zonas internas do balcão. A temperatura dos Colaboradores e Clientes passou a ser controlada à entrada da agência. Por forma a garantir o devido distanciamento entre pessoas, um máximo de cinco Clientes podem estar dentro da agência a cada momento e para sua conveniência e higiene, a porta será aberta pela segurança. Todas as agências e ATM passaram a estar sujeitas a intervenções de limpeza ainda mais frequentes e rigorosas.

O Banco implementou o trabalho remoto contando já com cerca de 72% dos seus Colaboradores, cuja presença física nas instalações do Banco é dispensável, a trabalhar a partir de casa, protegendo, não só a si próprios, mas também às suas famílias, os clientes, os parceiros e a sociedade em geral.

Foram doadas 36 toneladas de sabão em barra, de produção nacional, ao Ministério da Saúde (MISAU) para distribuição às comunidades mais carenciadas a nível nacional, numa iniciativa que abrangeu 150 mil Moçambicanos em todo o País. Esta iniciativa contou com o apoio do Sindicato do Banco, que, no âmbito do cancelamento das actividades de celebração do Dia do Trabalhador, canalizou a verba que se destinaria à efeméride para a aquisição do produto.

Fora distribuídas 2000 máscaras de capulana pelos Colaboradores do Banco. As máscaras foram produzidas por dois jovens estilistas que no presente momento têm enfrentado um grande desafio para encontrar meios de subsistência. Esta acção foi também uma oportunidade de divulgar a Capulana como símbolo de Africanicidade mostrando ao Mundo que a mesma possui múltiplas utilidades e permitindo aos seus Colaboradores protegerem-se fazendo uso de um símbolo da sua riqueza e tradição.

Ainda nesta sequência, e face ao recente pedido de apoio do Hospital Central de Maputo, o Banco levou a cabo uma campanha de doação de sangue no dia 30 de Abril. Este gesto foi uma forma de mostrar a solidariedade dos seus Colaboradores para com os Moçambicanos que neste momento precisam deste líquido precioso.

Sendo a sua primeira preocupação as pessoas, o Absa Bank Moçambique pretende, com estas medidas contribuir para a prevenção da infecção pela Covid-19 e mitigar os impactos da pandemia, aliviando os encargos a empresas e famílias moçambicanas em geral.

O Banco reitera igualmente o compromisso perante a sociedade moçambicana de continuar a assegurar a prestação dos serviços financeiros com o mínimo de perturbação para os seus Clientes e a apoiar a economia, quer através da célere operacionalização das medidas aprovadas pelo Estado, quer através de linhas de actuação específicas promovidas pelo próprio Banco.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.