De acordo com a informação divulgada hoje em boletim oficial, a CTM indicou ter registado uma receita de 4.243 milhões de patacas (470 milhões de euros), uma diminuição e 13% em relação ao período homólogo do ano anterior.

A empresa apontou ainda ter investido 240 milhões de patacas (26 milhões de euros) “em projetos de investimento ao longo do ano”, menos 47 milhões de patacas em relação ao ano anterior.

“Os maiores projetos da Empresa em 2019 foram a expansão das principais redes, em particular a LTE (4G), Internet e circuitos alugados, e ainda o desenvolvimento do Sistema de Gestão de Apoio ao Cliente”, lê-se na mesma nota.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.