O segundo indicador, o Topix, perdeu 0,87% para 1.563,67, no fim da sessão.

Com a descida do Nikkei termina em terreno negativo uma semana na qual os investidores tinham recuperado o otimismo devido ao regresso progressivo da atividade económica no Japão, com o fim, na segunda-feira, do estado de emergência sanitária devido à COVID-19 em todo o país.

O novo fator de desestabilização para os mercados foi a aprovação em Pequim da nova lei de segurança para Hong Kong, uma medida que reavivou os protestos na antiga colónia britânica e que também gerou novas tensões entre a China e os Estados Unidos.

O índice Nikkei reflete a média não ponderada dos 225 principais valores da bolsa de Tóquio, enquanto o indicador Topix agrupa os valores das 1.600 maiores empresas cotadas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.