Os ganhos são em parte um resultado do programa de compra de títulos de dívida grega do Banco Central Europeu (BCE) porque parte dos ganhos são do Bundesbank, banco central da Alemanha, cujos lucros depois são transferidos para os Orçamentos do Estado alemães.

Até 2017, o Bundesbank obteve ganhos com juros no valor de 3.400 milhões de euros, dos quais foram transferidos 527 milhões para o Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) e 387 milhões de euros para a Grécia, fazendo com que se obtivesse um lucro de 2.500 milhões de euros

A estes 2.500 milhões de euros juntam-se 400 milhões de euros ganhos com juros de um crédito do Banco para a Reconstrução (KfW), banco público alemão.

“Contrariamente às informações que circulam, a Alemanha obteve um considerável benefício com a crise grega. Não é aceitável que o Governo consolide os orçamentos alemães com os benefícios da crise grega “, disse Sven-Christian Kindler, porta-voz do grupo de parlamentar de Os Verdes.

O partido alemão Os Verdes é partidário de um perdão da dívida grega.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.