O projeto vai abranger 10 comunidades da vila de Moatize, centro do país, propondo competições em modalidades como futebol, voleibol e atletismo, lê-se numa nota distribuída ontem à imprensa.

O objetivo do projeto, que será lançado no sábado, é promover o desporto nas comunidades de Moatize, distrito onde a empresa opera.

Em outubro de 2018, a Vale, a maior empresa de exportação de carvão em Moçambique, foi obrigada a suspender as suas atividades por um tempo, na sequência de protestos da população local que se queixava de poluição.

Para resolver o conflito com a comunidade, em 2019, a companhia anunciou a adoção de um novo modelo de detonação que minimiza a vibração e emissão de poeiras e direciona as ondas para o interior da área de mineração.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.