O treinador Thomas Tuchel poupou-o após a Liga dos Campeões a meio da semana, mas quando o campeão do Mundo entrou, bastou-lhe a primeira oportunidade para ligar o ‘turbo’ em contra-ataque, deixar para trás o também jovem Boubacar Kamara e bater Mandanda, ao minuto 66.

Amavi (78) ainda ameaçou o empate ao atirar a raspar no poste direito de Areola e aos 83 foi anulado um lance que resultaria em golo do Marselha por falta inexistente de Strootman – Marquinhos é que o agarrou.

Com o Marselha todo no ataque, um contra-ataque aos 90+5 foi concluído com golo de Thomas Draxler.

Com a vitória o PSG passou a somar 33 pontos, mais oito do que o Lille, que no sábado bateu o Caen com um golo solitário de Rafael Leão.

O Marselha fica no quinto lugar com 19 pontos, a um do Lyon de Anthony Lopes, três do Montpellier e seis do Lille, com o PSG já a 14 de distância.

Nos outros jogos, o Rennes perdeu em casa 0-2 com o Reims, com ‘bis’ do jovem avançado Rémi Oudin (16 e 53), que permitiu ultrapassar o rival na classificação, subindo a nono com 14 pontos, mais dois que o adversário.

Com os mesmos 14 pontos, Bordéus e Nice depois dos forasteiros triunfaram por 1-0, com tento solitário do médio Wylan Cyprien (54), gaulês nascido em Guadalupe.