AS Roma 1-1 Borussia Mönchengladbach

O jogo só acaba quando o árbitro dá o último apito. Até lá, tudo pode acontecer. E assim foi no Olímpico de Roma. Os romanos estiveram a vencer desde o minuto 32, através do italiano, Zaniolo. O Mönchengladbach teve a oportunidade de marcar aos 90+5! Grande penalidade para os alemães e Lars Stindl (foto) não vacilou e deu o empate. - Imago images/Insidefoto

Gent 2-2 Wolfsburgo

Mais um jogo com decisão perto do apito final. O Wolfsburgo esteve a vencer por 0-2 logo nos primeiros 25 minutos da primeira parte. Weghorst, aos três minutos e João Victor, aos 24, deram uma vantagem confortável, mas não irrecuperável. Os belgas foram atrás do prejuízo e, aos 41 minutos, reduziram para 1-2. Já na 2ª parte, aos 90+4, Yaremchuk fez o 2-2 e salvou o ponto para o Gent. - picture-alliance/dpa/Belga/Jasper Jacobs

Eintracht Frankfurt 2-1 Standard Liège

Vitória justa da equipa mais lusa do futebol alemão. Apesar de Gonçalo Paciência (à direita na foto) ter sido o único português títular, as "águias vermelhas" foram melhores e confiramam o favoritismo. Aos 28 minutos, Abraham fez o 1-0. Já na 2ª parte, Hinteregger dobrou o marcador para o Frankfurt. Amallah ainda reduziu para o Liège, mas sem consequências maiores para os alemães. - picture-alliance/dpa/U. Ansprach

Besiktas 1-2 SC Braga

Mais uma grande vitória do Braga na Liga Europa. Depois de ganharem em Inglaterra, em casa do Wolves, os "guerreiros do minho" foram à Túrquia, a um dos palcos mais hostis do futebol europeu e venceram o Besiktas. Ricardo Horta, aos 38 minutos, fez o 0-1 para a equipa portuguesa. Já na 2ª parte, Nayir empatou para o Besiktas. Ljajic falhou penálti e, aos 80, Wilson Eduardo deu a vitória ao Braga - Reuters/M. Sezer

Sporting 1-0 Rosenborg

Jogo tecnicamente muito pobre em Alvalade, cercado por um ambiente pesado que se tem vivido na casa do Sporting. Os leões eram favoritos e apenas conseguiram materializar essa vantagem teórica em golo, aos 70 minutos, por intermédio de Bolasie. - Imago Images/Zuma/P. Fiuza

FC Porto 1-1 Rangers

Deceção no Estádio do Dragão. Depois da derrota em Feyenoord, os portistas voltaram a perder pontos, desta feita frente aos escoceses, do Rangers, comandados por Steven Gerrard. O Porto marcou primeiro, por intermédio de Luis Díaz. Golaço do colombiano. Ainda na primeira parte, aos 44 minutos, outro colombiano a faturar. Morelos (foto) fez o 1-1 final. - picture-alliance/AP/L. Vieira

Arsenal 3-2 Vitória de Guimarães

Grande exibição dos homens de D. Afonso Henriques em terras de Sua Majestade. Edwards, aos nove minutos, colocou a equipa portuguesa em vantagem. Aos 32 minutos, Martinelli empatou para o Arsenal, mas cinco minutos depois, Duarte fez o 1-2 para o Vitória e silenciou os ingleses. O Arsenal só conseguiu virar o jogos nos últimos minutos de jogo. Pépé, aos 80 minutos, fez o 2-2 e aos 90+3, ez o 3-2. - Imago Images/Action Plus/S. Brooks

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.