Johan Bruyneel, que já estava a cumprir uma suspensão de 10 anos, confirmou que o Tribunal de Arbitragem do Desporto, com sede na Suíça, estendeu a proibição de qualquer contacto com o ciclismo para toda a vida, numa carta publicada pelos meios de comunicação social, na quarta-feira.

Este foi o resultado de uma contestação por parte da Agência Mundial Antidoping que argumentou que os 10 anos de penalização atribuídos a Bruyneel não eram suficientes e que a pena deveria ser mais longa.

No início deste ano, o ex-técnico também foi condenado por um tribunal dos EUA a pagar 1,2 milhões de dólares (um milhão de euros) por danos relacionados com o programa de doping.

O ex-ciclista profissional americano Lance Armstrong, já tinha chegado a um acordo de 5 milhões de dólares (4,4 milhões de euros) com o governo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.