Geoff Rowley disse que vai “entrar urgentemente em contacto com as principais partes interessadas para conseguir o melhor resultado para os credores” da equipa indiana com sede em Silverstone, na Inglaterra.

“Entretanto, a equipa vai continuar a funcionar normalmente e, inclusivamente, participar na corrida na Hungria neste fim de semana. O nosso objetivo é avaliar as opções para garantir o futuro da equipa”, referiu Rowley, que já tinha feito a administração judicial da Manor F1 em 2016.

A saúde financeira da Force India é delicada há vários meses, com o mexicano Sergio Pérez, um dos pilotos da escuderia, a considerar “crítica” a situação da equipa, em conferência de imprensa, na quinta-feira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.