Rogério Gonçalves, treinador do Costa do Sol, e Horácio Gonçalves, do Ferroviário da Beira, vão protagonizar o ‘duelo’ luso, num encontro que vai ser a oportunidade de equipas ‘salvarem’ a época, depois de terminarem o Moçambola longe dos primeiros lugares.

O Costa do Sol, detentor do troféu, terminou no oitavo posto, com 40 pontos, e o Ferroviário da Beira, quedou-se na nona posição, com 39, num campeonato conquistado pela UD Songo, com 58.

A Taça de Moçambique é disputada desde 1978 e o Costa do Sol é a equipa que mais vezes conquistou a prova (12), enquanto o Ferroviário de Beira ergueu o troféu em três ocasiões, a última das quais em 2014.