Os Palancas Negras estão presentes pela oitava vez no CAN, no entanto não se tinham apurado para a fase final desde 2013, uma competição que decorreu na África do Sul.No Egipto, Angola está inserida no Grupo E com Tunísia, Mauritânia e Mali que está baseado em Suez.

O capitão da Selecção angolana, Mateus Galiano, afirmou que é muito importante estar presente nesta prova na qual vai participar pela quarta vez.Quanto a Evandro Brandão, avançado dos Palancas Negras e que participa pela primeira vez na prova, falou da sensação de representar o seu país na maior montra do futebol africano.

No grupo de Angola temos o único treinador franco-português da prova, Corentin Martins, técnico da Mauritânia. Em entrevista à RFI, Corentin Martins admitiu que nunca teria imaginado chegar à fase final de um CAN.A Mauritânia estreou-se no CAN 2019 e na prova pela primeira vez esta noite, 20h TMG frente ao Mali no Estádio de Suez.

Quanto à Guiné-Bissau entra amanhã em prova frente aos Camarões, detentores do título, num jogo a contar para o Grupo F e que vai decorrer na cidade de Ismailia. Pode continuar a acompanhar a actualidade do Campeonato Africano das Nações em.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.