"Temos de capitalizar o empenho dos jovens e das mulheres no partido e atribuir-lhes responsabilidades cada vez mais acrescidas", declarou Daviz Simango, líder do terceiro maior partido moçambicano, no discurso de encerramento do Conselho Nacional do MDM, na cidade da Beira, centro do país.

Os jovens e mulheres têm o peso suficiente para criarem a dinâmica e eficácia necessárias visando a vitória do MDM nas eleições gerais de 15 de outubro, acrescentou Daviz Simango.

O desempenho nas eleições gerais não será conseguido através de um milagre, mas por via do empenho de todos, referiu.

"Não esperemos por nenhuma fórmula mágica, nenhuma mão milagrosa para garantir o sucesso do MDM", destacou.

Além de aprovar o manifesto eleitoral, o Conselho Nacional do MDM confirmou Daviz Simango como candidato às eleições presidenciais e aprovou o perfil dos cabeças-de-lista das eleições para as assembleias provinciais.

O terceiro maior partido moçambicano também analisou a situação económica do país e o efeito dos ciclones Idai e Kenneth, que atingiram o centro e norte de Moçambique, entre março e abril.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.