Com estas prisões, os  investigadores procuram esclarecer o desaparecimento da arma usada no atentado, que, segundo as suspeitas, terá sido lançada ao mar perto da Barra da Tijuca.

O advogado de Ronnie Lessa e Elaine Lessa, Fernando Santana, afirmou que “está surpreso” com a prisão em virtude de Elaine ser testemunha.

O Ministério Público do Rio de Janeiro afirmou que a retirada das armas do apartamento de Ronnie Lessa, foi comandada por Elaine Lessa, mulher de Ronnie.

Segundo a polícia, é possível que a arma usa para matar Marielle também tenha sido descartada.

As armas teriam sido retiradas de um apartamento onde Lessa montava os fuzis depois que ter sido preso.

De acordo com a denúncia, após a prisão de Ronnie Lessa e do ex-polícia militar Élcio Queiroz, a polícia recebeu denúncias de que num apartamento de Lessa havia montagem de armas de fogo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.