Graça Machel é membro de Conselho de Estado desde julho de 2018.

Além de Graça Machel, o chefe de Estado nomeou também como membros do Conselho de Estado Alberto Joaquim Chipande e Eduardo da Silva Nihia, históricos da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), refere o mesmo comunicado.

Filipe Nyusi também nomeou para a mesma função Daviz Mbepo Simango, presidente do Movimento Democrático de Moçambique, terceiro partido com assento no parlamento moçambicano.

O Conselho de Estado é um órgão político de consulta do Presidente da República que tem a função de aconselhar o Chefe de Estado no exercício das suas funções.

O órgão é composto pela presidente do parlamento, primeiro-ministro, presidente do Conselho Constitucional, antigos chefes de Estado, antigos presidentes do parlamento, sete personalidades eleitas pelo parlamento, quatro pelo Presidente da República e o segundo candidato mais votado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.