Os Mossos d’Esquadra, polícia regional da Catalunha, informaram que durante os confrontos foram detidas pelo menos 22 pessoas e que o forte dispositivo polical se mantém em algumas cidades.

Em relação aos feridos, a maioria registou-se em Barcelona, com 60 casos, segundo os dados do Serviço de Emergência Médica (SEM).

Os serviços médicos têm também registo de 12 feridos em Girona, seis em Tarragona e seis em Lleida, para além de casos em Molins de Rei, Motcada e Reixac, Alella e Terrassa.

A cidade de Barcelona tornou-se, desde a noite de segunda-feira, cenário de confrontos entre polícias e manifestantes, que construíram barricadas, queimaram mobiliário urbano e pneus, fizeram fogueiras e atiraram pedras e petardos contra as autoridades.

Nesta última noite os confrontos entre os separatistas e a polícia aumentaram de violência, com barricadas e fogos ateados pelos radicais, ao que a polícia respondeu com balas de borracha, gás lacrimogéneo e canhões de água.

Nos últimos dias, grupos de jovens independentistas têm enfrentado a polícia de forma violenta nas ruas do centro da cidade, provocando estragos em montras, esplanadas, contentores e automóveis.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.