No lançamento, o atual bastonário da Ordem dos Advogados , Flávio Menete, irá apresentar o calendário das eleições.

A eleição do novo bastonário da Ordem dos Advogados está marcada para o dia 06 de abril.

O novo bastonário vai substituir Flávio Menete, eleito em 2016.

A escolha de um novo bastonário acontece num momento em que o sistema judicial moçambicano enfrenta vários desafios, com destaque para a atuação dos órgãos de justiça no que toca ao caso das dívidas ocultas do Estado, segundo a Ordem dos Advogados, que exige um atuação mais pujante.

"O nosso sistema de justiça está à prova, e a solução está nas nossas mãos e depende daquilo que podermos fazer hoje", afirmou Flávio Menete, que falava durante a abertura do ano judicial, em 01 de fevereiro, em Maputo.

Na sua intervenção, Flávio Menete defendeu a inconstitucionalidade das dívidas ocultas, anunciando que o órgão que dirige vai encetar diligências no exterior para evitar que os moçambicanos paguem "dívidas de origem criminosa".

"A Ordem dos Advogados de Moçambique vai encetar diligências no sentido de explorar as possibilidades de os moçambicanos não serem obrigados a pagar dívidas de origem criminosa", declarou.

O caso das dívidas ocultas, contraídas entre 2013 e 2014, à revelia do parlamento moçambicano e dos parceiros internacionais conheceu um desenvolvimento em consequência da detenção, na África do Sul, do antigo ministro das Finanças de Moçambique Manuel Chang.

Em Moçambique, nove pessoas foram detidas no âmbito da investigação aos empréstimos contraídos secretamente, num valor de 2,2 mil milhões de dólares.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.