O Cine-Africa, em Maputo, encheu na sexta-feira para cerimónia de entrega de Mozambique Music Awards (MMA), uma espécie de Óscares da música moçambicana.

Este ano, ao contrário do ano passado, ninguém arrebatou muitas estatuetas, havendo uma grande divisão de galardões. Fred Jossias, o popular ‘Rei dos Bifes’ foi dos poucos que arrebatou dois troféus com o programa ‘Atracções’ na categoria de ‘Melhor Programa Musical de TV’ e ele próprio na categoria ‘Melhor Animador Musical de TV’. Fred fez questão de dedicar aos prémios aos reclusos da Cadeia Central, onde o apresentador da TV Record esteve recentemente detido mais de dois meses por condução em estado de embriaguez.

A ‘velha guarda’ levou para casa dois galardões: Xidiminguana na ‘Categoria de Marrabenta’ e Dilon Djindje na ‘Categoria Prémio Carreira’.

Nos jovens, o destaque foi para Rui Michel que venceu em duas categorias: ‘Melhor Rock’ (onde acabou por concorrer sozinho) e ‘Artista mais Popular’. Outro jovem valor a arrebatar um troféu foi Júlia Duarte na categoria de ‘Melhor Afro/Música Tropical’. A entregar-lhe o troféu esteve o conhecido empresário do mundo artístico Bang, que fez questão de efectuar várias flexões no chão para, como disse, puder erguer Júlia – conhecida pelo seu excesso de peso.

O conhecido actor Mário Madjaia esteve também em destaque na entrega dos troféus, sendo responsável pelos melhores momentos de humor da noite. Aqui ficam os vencedores:      

Categoria Marrabenta – Xidiminguana

Melhor Música Tradicional – Projecto Madonga

Melhor Música Ligeira – Anita Macuácua

Melhor Afro / Música Tropical Júlia Duarte

Melhor Fusão Afro-Jazz – Kakana

Melhor Pandza – Ziqo

Melhor Hip/ Hop –  G Pro

Melhor Rap – Duas Caras

Melhor R&B / Soul –  Lizha James

Melhor Dance – DJ Frank

Melhor Reggae – 340 ml

Melhor Rock – Rui Michel

Melhor Instrumental – João Cabral

Melhor Programa Musical de TV – Atracções

Melhor Animador Musical de TV – Fred Jossias

Melhor Programa Musical de Rádio – Intensidades

Melhor Animador Musical de Rádio – Fátima Vidade

Melhor Vídeo Musical – ‘Desabafo de um recluso’, da Dama do Bling

Melhor produtor Musical – G 2

Música mais Popular – ‘Ilusão’ de Neyma

Artista mais Popular – Rui Michel

Prémio Carreira – Dilon Djindje

João Almada