O SL Benfica venceu o Mosanto por 6-0 e segue em frente na Taça de Portugal. O marcador foi inaugurado na primeira parte, por intermédio de Felipe Menezes, com o restante resultado a ser construído na segunda parte.

Num jogo onde as diferenças entre as duas equipas eram acentuadas, Jorge Jesus armou o onze inicial de forma a exponenciar o rendimento de alguns atletas menos utilizados na época . Saviola e Di Maria começaram no banco de suplentes enquanto que Weldon e Fábio Coentrão entraram de início.

Javi Garcia, Carlos Martins e Felipe Menezes completavam o sector do meio campo enquanto que Sidnei e César Peixoto voltavam à titularidade. Na baliza o escolhido foi Moreira.

A equipa do Monsanto tentou contrariar o favoritismo do Benfica e conseguiu aguentar-se nos primeiros trinta minutos. O contraste entre as duas equipas era notório e mais ainda ficou quando, Felipe Menezes, aos 29 minutos, numa jogada individual, fintou três adversários e inaugurou a partida com um remate de belo efeito

As equipas foram para os balneários com o resultado 1-0, a favor dos da Luz.

No segundo tempo, e com o desgaste físico da equipa da II Divisão a acentuar-se, o SL Benfica construiu facilmente a goleada.

Carlos Martins bisou no jogo. No primeiro, aos 47 minutos, após assistência de Nuno Gomes, rematou colocado, sem hipóteses para o guarda-redes. Aos 59, rematou de primeira no centro da área, após passe de Felipe Menezes.

Antes do segundo golo de Carlos Martins, a situação caricata do encontro: Felipe Menezes, n.º 24 do Benfica, entrou em campo com o n.º23 de David Luiz. Ainda demorou alguns minutos para que os árbitros vissem que havia dois números iguais em campo. Por essa situação, Felipe Menezes viu cartão amarelo.

O Benfica, que nunca perdeu o domínio, dilatou a vantagem, primeiro por Saviola, aos 84, num cabeceamento, após um canto de Carlos Martins e um desvio de Miguel Vítor, depois por César Peixoto, aos 89, de livre directo, e por Fábio Coentrão, nos descontos.

O Benfica prepara agora o próximo jogo da Liga Europa, frente aos britânicos do Everton, depois de demonstrar que continua com um rendimento acima da média.

SAPO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.