Relatos da população, que continua escondida nas matas, apontavam para a existência de focos de combates ao escurecer, com disparos nos bairros de Nanga A e B.

Os insurgentes, segundo várias fontes locais, terão saqueado a agência bancaria do BCI e sabotado as torres de telecomunicações e a subestação de Macomia, deixando sem comunicação e energia elétrica os distritos mais a norte de Cabo Delgado.

“Tentei sair de manhã, quando eram 06:00 horas para espreitar a casa e procurar as minhas filhas, mas muitas pessoas na minha situação estavam a regressar e desaconselharam a prosseguir,” disse um morador local que pediu anonimato.

A Zitamar News, um publicação on-line de Maputo, reporta que helicópteros operados por militares privados sul-africano da DAG, voltaram hoje a sobrevoar a vila de Macomia para reforçar o combate contra os insurgentes.

Segundo a publicação, as forças moçambicanas de defesa e segurança foram reforçadas na tarde de hoje por tropas vindas de Pemba, a capital de Cabo Delgado.

Até ao momento não apuramos a dimensão dos danos causados pelo grupo, neste primeiro ataque a vila sede de Macomia, dado que vários moradores continuavam em esconderijos e sem comunicação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.