O candidato que ficou em segundo lugar nas eleições da RDC, Martin Fayulu apelou à população para protestar em todo o país.

Para Eugénio Costa Almeida, investigador angolano do Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa, este recuou da União Africana não surpreende e vai ao encontro da decisão tomada pela SADC.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.