"Recebemos um mandado de captura internacional emitido pelos EUA, estamos a coordenar com o Tribunal Provincial para que o mandado seja executado", disse hoje ao canal público Televisão de Moçambique (TVM) o porta-voz da Procuradoria Provincial de Cabo Delgado, Armando Wilson.

O acusado foi absolvido esta semana pelo Tribunal Judicial da Província de Cabo Delgado de crimes de tráfico de drogas de que era acusado pela justiça moçambicana, adiantou Armando Wilson.

O mandado foi emitido por um tribunal de Texas e além do cidadão paquistanês residente em Moçambique são também procurados pela justiça norte-americana outras três pessoas no mesmo processo, cuja nacionalidade não foi revelada.

As autoridades judiciais de Cabo Delgado estão a coordenar com os órgãos centrais de administração da justiça moçambicana sobre a resposta a dar ao mandado emitido pelas autoridades americanas.

"Não podemos avançar de imediato com a execução do mandado, porque há regras do Direito Internacional a respeitar", disse o porta-voz da Procuradoria Provincial de Cabo Delgado.